sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Bispo morre dentro da igreja depois de confessar que traiu a esposa


.

Uma confissão de pecado em busca de perdão seguida de morte. Foi dessa forma que terminou a vida do bispo Bobby Davis, fundador da Miracle Faith World Outreach Church, em Bridgeport, no estado norte-americano de Connecticut.
Bispo da igreja Miracle Faith World Outreach Church, Bobby Davis também era terapeuta certificado e foi obrigado a confrontar seu problema dentro de sua própria família, em uma reunião com seus parentes e membros da congregação.


Davis declarou seu ato de adultério a todos, a pedido da esposa Christine, com quem já vivia há 50 anos juntos. Segundo Judy Stovall, ancião da igreja, todos estavam saudando o bispo com louvores de perdão e de amor, até que a comoção do momento o levou ao ataque. "Eu segurei sua cabeça enquanto ele estava deitado no chão. A nossa congregação está sofrendo agora", avaliou Stovall.

Uma fonte anônima afirmou à edição em inglês do Christian Post que a situação não foi tão tranquila quanto o narrado, além de que deveria ser trabalhada de uma outra forma. Conforme conta o informe, o bispo foi pego de surpresa. Pelo relato, Bobby Davis não tinha ideia que haveria a reunião, até que foi levado a uma sala onde a esposa destacou que seria feito um anúncio, quando falou para dizer "a todos o que já havia contado" a ela antes, intimamente. O imprevisto gerou o espanto do bispo, resultando no ataque.

A fonte conta que a congregação reagiu naturalmente, mas a família entrou em conflito direto. Toda a história teria sido difícil de ser compreendida pelos familiares, por conta da vida correta que ele levava. Em um antigo relato ao The New York Times, Davis abordou sobre seu início na igreja, inspirado pela cura de um câncer em sua mãe, no ano de 1967. De lá para cá, sua história foi marcada pela luta contra o racismo e o uso das drogas, e pela valorização da família.

Depois do culto no domingo a família do bispo nos pediu para permanecer na igreja e o bispo confessou-nos algo que aconteceu há muito tempo. Ele queria estar limpo com todos nós. Queria pedir nosso perdão”, afirmou Judy Stovall, uma anciã na igreja.
“Nós estávamos gritando: ‘Nós te perdoamos, nós amamos você’, mas o stress de tudo isso o levou a ter um ataque cardíaco. Eu segurei sua cabeça enquanto ele estava no chão”, afirmou Stovall ao CT Post. “A nossa congregação está sofrendo agora”, acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca utilize palavras torpes ou pejorativas e nem palavras ofensivas e nenhuma classe social ou entidades públicas ou privadas.